Editorial

O primeiro centenário de um contemporâneo

No próximo dia 8 será apresentado o programa do Centenário de José Saramago. Serão reveladas as bases da programação que há meses está a ser construída com a ajuda de vários parceiros e que terá lugar não só em Portugal mas em várias outras partes do mundo.

Os leitores podem esperar por uma programação diversa que pretende atender a vários tipos de públicos e contemplar vários tipos de expressões artísticas.

O Comissário para o Centenário, Carlos Reis, tem dito que está a trabalhar neste projeto para que dentro de um século se celebre o segundo centenário do autor. Já a presidenta da FJS, Pilar del Río, tem reforçado que se trata do “centenário de um contemporâneo”, alguém que é deste tempo e está presente no nosso dia a dia.  

Esperamos que a efeméride seja a oportunidade para que os leitores possam (re)visitar as palavras e as ideias de José Saramago. Uma festa que dure meses, que convoque pessoas em várias partes do mundo, e permita-nos celebrar e agradecer. Que venham os primeiros cem anos do autor que escreveu: «Deixa-te levar pela criança que foste».