O que vem à rede Sara Figueiredo Costa

Correntes d’Escritas on-line,
com dois dias de conversas com escritores, exposições, livros e muitos momentos para recordar.

Num ano em que tantas coisas acontecem em modo virtual, o festival literário Correntes d’Escritas, organizado pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, não foi excepção. Nos passados dias 26 e 27 de Fevereiro, as sessões que costumam encher o auditório municipal povense e vários outros espaços do concelho transferiram-se para emissões em directo no You Tube. Quem não pôde acompanhar esses directos, pode agora recuperar toda a programação da 22ª edição das Correntes d’Escritas, da homenagem a Luís Sepúlveda às conversas com Alberto Manguel, Catarina Sobral, Gonçalo M. Tavares, Manuel Rui, Hélia Correia, Rui Zink ou Onésimo Teotónio de Almeida, entre tantos outros autores. Para o ano, espera-se que a Póvoa de Varzim volte a acolher as vozes das literaturas de expressão portuguesa e castelhana, mas por agora há mais de dezoito horas de emissão para ver. Ou ir vendo.